Black Friday, o grande dia!

Criada por varejistas, essa data tem como finalidade promover descontos imperdíveis e queimar os estoques antes da preparação para o Natal.

A primeira vez que ocorreu no Brasil foi em 2010, com foco nas lojas virtuais. A ocasião juntou grandes comércios do varejo nacional. Em 2013, o evento chamou a atenção pelos números e hoje é pauta importante das agendas dos e-commerces brasileiros.

Se você vende online, deve estar atento. Mesmo que não seja voltado para a venda de produtos, e sim, de serviços (companhias aéreas, hotéis, da área de software, entre outras), que andam aproveitando muito bem a data para angariar novos clientes. Mesmo com a crise nacional, a Black Friday – que acontece na última sexta-feira do mês de novembro – tende a crescer ainda mais. Segundo o E-bit, neste ano, mais de R$ 1,5 bilhões serão gastos no Black Friday.

Há muita expectativa tanto dos varejistas, que procuram faturar ainda mais nessa época, quanto dos clientes, que vão aproveitar para fazer as compras de natal.watch full movie Keeping Up with the Joneses

Algumas dicas importantes para quem deseja participar:

  • Antecipe suas campanhas e gere uma expectativa nos seus clientes – chamadas através de banners, redes sociais, entre outras ferramentas, podem ajudar muito nessa parte;
  • Mude um pouco a identidade visual do site: faça vitrines temáticas, inclusive no Facebook e outros sites de redes sociais;
  • Falando em redes sociais, não esqueça que elas são parte importante da estratégia de pré-venda e pós-venda. Sendo assim, na quinta-feira à noite, quando começa o evento, até a segunda-feira da outra semana, monitore suas redes e dê atenção aos seus clientes;
  • Antecipe os problemas. Se você tem um e-commerce e já participou do evento em outros anos, procure não repetir os mesmos erros. Isso irrita o cliente;
  • Um dos problemas mais frequentes na Black Friday é o de queda de sites por sobrecarga de visitas. Converse com sua TI e garanta que haverá recursos disponíveis para que isso não aconteça;
  • Crie uma landing page, coloque um relógio em contagem regressiva, destaque a data da Black Friday e utilize estratégias de opt-in nessa página – assim, você já cria uma base para comunicar suas promoções; e
  • O mais importante: não aumente preços antes para diminuir depois. Não faça o que alguns consumidores chamam de “black fraude”. Isso pega mal, muito mal.

Precisa de ajuda para se organizar? Fale com a gente!

This entry was posted in Eventos, Geral, SEO. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *